[Resenha] Minha Lista de Prioridades

Foto retirada do blog La vie en rose.

Tive o prazer de encerrar as leituras de 2014 lendo o fantástico livro autobiográfico de David Menasche. Foi sem dúvidas a surpresa do ano, porque me fez repensar vários conceitos sobre como lidamos com a vida, e sem dúvidas sobre a minha própria lista de prioridades. No livro David compartilha com o leitor como foi que ele lidou com a descoberta de um câncer no cérebro e com a perspectiva de ter apenas 15 meses de vida em média.

Infelizmente ele faleceu em 20 de Novembro de 2014 com 41 anos, sendo que foi diagnosticado com o câncer em 2006. Foram 8 anos de luta contra a doença, onde passou uns 6 anos ainda lecionando e inspirando seus alunos. É uma verdadeira lição de vida, uma lição de quem não se deixa abater nem mesmo com a pior das adversidades. Foi o amor pelos seus alunos que o manteve vivo, que o incentivou e fez com que não desistisse jamais, e que lutasse bravamente por sua vida. Uma linda história paralela de amor por sua profissão. Essa mistura entre sua história de vida e seu amor pelo que faz, que acabam se misturando em um único enredo, foi o que me cativou.

Ele conta como foi passo a passo, desde a descoberta até quando ele ficou completamente incapacitado de retornar as aulas, devido complicações do câncer que o deixaram parcialmente cego e com mobilidade reduzida, o que foi o fim do mundo para ele. Porém ele mais uma vez encontra nos alunos a força para dar a volta por cima. Aliás, ele encontra força nos ex-alunos. É quando ele decide fazer uma viagem para visitar alguns dos alunos que passaram por sua vida, e saber como ele influenciou esses alunos. Esse reencontro é muito emocionante, e um dos pontos altos da história. Além das histórias contadas pelo próprio Menasche, há ainda depoimento de seus alunos ao final de cada capítulo. Um diferencial que reforça a emoção do livro.

O nome do livro surgiu de uma atividade que ele aplicava em sala de aula. Consistia em basicamente escrever coisas que são importantes para você, e em ordem de importância. Ele usava essa lista de prioridades para entender melhor seus alunos e saber um pouco mais do perfil de cada um. Conseguiu inclusive descobrir alguns conflitos internos deles, como a descoberta da homossexualidade de uma aluna, através dessas listas. Um exercício que ele aplicou a ele mesmo, chegando a descobertas embaraçosas. Outra coisa bacana no livro são as referências literárias do autor. Ele acaba “recomendando” várias leituras, e da um panorama cultural do país. Um prato cheio para leitores curiosos.

O livro é da editora Paralela, um selo editorial da Companhia das Letras, e como todo trabalho da Companhia é extremamente bem feito. Com uma bela foto de capa, é um livro mole, o que reforça a ideia de diário de viagem (ou livro para ser levado a qualquer lugar) que ele passa. Foram usadas folhas Pólen Soft, que é pra mim a melhor folha para leitura.

Uma leitura mais que recomendada para esse começo de ano!

Compre o livro aqui.

A foto do post foi retirada da resenha feita pelo blog La vie en rose. É uma ótima resenha, bem mais detalhada, e pode ser lida aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s